Siga o nosso grupo no facebook

No estudo que estou a fazer para a incursão no Alto Atlas, numa das Pistas com saída de Azenal para Askaoun, notei que há dosi pontos de passagem importantes.
2014-12-01_141509
Estes pontos ou “pass”, são o Tizi-n-Melloul e o Tizi-n-Tleta, a 2538 mts e a 2536 mts.
Segundo a definição de “Tizi”, podemos ter vários significados, mas os que considero mais adequados, são, como diríamos cá em Portugal, uma “Portela” ou ponto de passagem. Em bérbere, é usual ver várias outras definições, também corretas, como “col” ou “pass”, que julgo ter a tradução de ponto alto ou cume de passagem, nomeadamente para unir dois pontos importantes em zona de montanha.
O mapa Tracks4África, tem na sua versão mais recente um ponto que define como “pass Tizi-n-Tleta”, com a altitude 2517 mts, mas as cartografia militar indica porventura o sua designação antiga, seja Tizi-n-Touggoukine.
2014-12-01_150130
O mapa rodoviário da Reise Know-How, para Marrocos, na sua última versão, indica as duas localizações com uma precisão relativa, com o símbolo de “pass” ou passagem estreita.
2014-12-01_145514
Fica mais esta dica da Land Lousã.

Porque vou fazer uma incursão pelo Alto Atlas, preocupei-me em estudar a zona para puder tirar partido de toda a informação e locais de interesse a visitar.
Porque era uma constante nos artigos as palavras “Azib” e “Douar”, de modo ligeiro faço aqui esta pequena nota.
AZIB
Este termo pode ter diversos significados, mas no Alto Atlas Marroquino.
” Azib”, são habitações secundárias de pastores, sem qualquer comodidade, mas muito bem protegidas. São ocupadas durante a temporada de verão, de Maio a Setembro, quando começa a grande transumância. Este refúgio pode não ser necessariamente construído pela mão do homem, pode ser uma caverna ou um abrigo de pedra.
Os abrigos ou cabanas são construídas de pedra seca ou placas e podem ser núcleos, como que um pequeno aglomerado ou dispersos, pelas pastagens.
A gestão das pastagens é muito antiga e remonta às origens das comunidades pastoris. A prova é fornecida pelas muitas gravuras rupestres de alguns sítios, que ainda são usados por pastores e rebanhos de veraneio.
1461217_10204284024334753_1343809278082760915_n
Versus
DOUAR
O significado de “Douar”, teve uma evolução natural, face aos dias de hoje.
Era até ao final do século XX, especialmente na zona do norte de África, um conjunto de habitações, de natureza fixa ou móvel, temporária ou permanente, em que a família era o elo fundamental, nas tarefas agrícolas ou de pastoreio. Mas tarde, foi evoluindo para a pequena comuna, deixando de ser um acampamento nómada em círculo, Hoje na zona oriental ainda é possível ver alguns “Douar” com estas características nomeadamente nas grandes migrações de gado para o Atlas e vice-versa.
Hoje, com a introdução do automóvel e a abertura de acessos, os “Douar’s”, são pequenos lugares, mas não integrados na lista administrativa da divisão territorial.
10426786_10204284234740013_6167695080591108524_n

Caros Sócios.

Está disponível desde o dia 27 de Agosto de 2014, uma nova versão do Ozidroid, a versão 1,23 Beta.

Esta versão corrige e melhora todas as versões anteriores e são uma mais valia para quem navega em Todo Terreno com cartografia militar.

Fica  a nota.

Boas.

Parece-me um bom exemplo para uma Home Made.

1

 

O Defender TD5 está preparado para esta montagem. O conta rotações é importante para acompanhar o funcionamento do motor. A instalação é simples, porque o conta rotações tem uma saída pronta na centralina para ser utilizada. Neste caso será colocado no local do relógio.
Equipamento necessário
• Fio eléctrico secção de 1 milímetro 2
• Terminal com um invólucro isolante
• Terminal rápido
• Contactos original AMP para ligar à centralina
• Mangas de isolamento
• Fita adesiva
• Aquecedor
NOTA: encontrar as ligações e as fichas podem ser difíceis, especialmente para identificar os códigos correctos da AMP:
Ligações:345806-1
Ligações: 172888-1
Tenha em atenção os códigos do contacto # 344111-1 com o código# 344112-1.

22

ETAPA 1
O primeiro lugar para começar é o de aplicar um cabo de alimentação a partir do painel de instrumentos. Em alguns modelos não é necessário, já instalado nomeadamente em modelos equipados com ABS. Tenha cuidado para passar os veios a fim de evitar futuras entradas de água e poeira em vão. Uma boa solução para depois de passar os fios é restaurar e selar com silicone. A passagem do cabo pode ser abordados de duas formas: a mais simples é seguir a bainha até o painel de instrumentos. Mas melhor que passar o cabo dentro da mesma bainha, assim, garantir maior protecção mecânica. Neste caso, deve-se ter cuidado ao restaurar com fita nos pontos de entrada e saída do fio para evitar infiltração de água na bainha.

33

Removendo os quatro parafusos (dois em dois dos lados e abaixo). E necessário desligar as ligações para trabalhar em segurança.

44
Read more →

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: