Siga o nosso grupo no facebook

Boas.

Os percursos mais importantes podem ver descarregados AQUI.

Convém referir que alguns dos quais não devem ser feitos a solo, nomeadamente  a sequência que começa em Tanafede e termina em Tata.

É necessário levar combustível para cerca de 1000 kms para fazer a etapa de Tanafede a Smara. Pode reabastecer  na Estação de Serviço a sul do início do percurso de Tanafede, fazendo cerca de 40 kms de ida e volta.

Bons trilhos, respeite o ambiente e não faça o percurso no verão. A época ideal será na Primavera e no Outono,

Caro Sócio (a)

Depois do regresso da VI Passeio Emblemático Marrocos 2014, alguns dos Sócios colocaram a questão de repetir o Passeio em 2015, mas em zona diferente.

Estamos a ponderar aceitar o desafio, propondo uma incursão ao longo a costa atlântica até ao sul de Boujdour (Cabo Tanafed), tomando a Pista até Bir Anzarane.

A subida será feita via Smara com passagem pela Pista de Guelt Zemmour ao longo da fronteira com a Argélia.

De Smara seguiremos por pista até Assa, seguindo até Icht por asfalto para pernoita em Borj Biramane Maison D’Hôtes,

Recuperados tomaremos a pista de Borj Biramane, que começa a entrada do Camping, até Tata, uma Pista dura, exigente com uma parte final demolidora em pedra.

As Dunas de Chegaga serão um ponto de passagem obrigatório com a travessia do Lago Iriki, terminando o Passeio em Zagora. A subida pode ser livre ou em Grupo até ao ferrie.

O número mínimo de viaturas 4×4 será de 6 e o máximo de 8, sendo que o Camping e os Bivouacs serão o meio de alojamento principal.

A data prevista será em Abril ou Maio de 2015.

Oportunamente teremos via mail mais informações.

Fiquem bem.

Inté

Mais informações em breve

Borj Biramane Maison d’Hôtes

 

 

Boas.

No dia 7 de Julho de 2014, a Garmin disponibilizou uma nova actualização do firmware do GPS Montana.

Estas actualizações corrigem problemas com o barómetro, gráfico de altitudes e da natureza da Geocaching.

Fica mais esta nota.

Inté

 

 

 

2014-06-27_140524

Mais um excelente Guia com a qualidade Gandini.

Inté

 

Em 2013, depois de mais uma Expedição ao mais oa sul de Marrocos, decidimos voltar a zona, mas por trilhos diferentes.

Havia duas premissas, fundamentais, ser uma Expedição dura, o mais inóspita possível e a mais exigente quer em termos físicos quer em termos de mecânica.

Optamos então por fazer um percurso em todo terreno entre Asilah e Marrakech, conhecendo deste modo um outro Marrocos, fortemente agrícola. Os trilhos eram duros, estreitos e corriam no meio de grandes plantações ou de vastas searas. No período das chuvas era difícil a progressão, pois o barro não permitiria um percurso fácil.

Entre Asilah e Khemissette o percurso anda por meio de muitas hortas e muitas povoações, onde todo o cuidado é pouco por causa das pessoas e dos animais. É pujantes esta agricultura, onde ao fim do dia nos cruzamos com inúmeras camionetas carregadas de produtos agrícolas a caminho da Europa a preços muito baixos. A etapa é longa e cansativa, pois há troços com muita lama e cheio de travessias.

image019

Chegados a Khemissette, optamos por pernoitar ao longo do Dayet Er Roumi, sem que a meio do jantar tivéssemos de levantar o Bivouac, por indicação da Polícia (Segurança Nacional), que depois de uma conversa nos arranjou uma alternativa num Camping encerrado cerca de 500 mts mais adiante, com a condição firme de termos de abandonar o “Camping” até às 8:00 horas do dia seguinte.

IMG_6042

A 2.ª etapa entre Khemissette e Marrakech, foi mais rápida com um início ainda lento até Romanni, entrando depois nos vastos campos de searas, onde o contraste das cores dos campos e da terra era fabuloso.

image067

 

Era uma etapa longa, muito longa, uma etapa para 2 dias, o que nos levou ao final da tarde, apanhar uma estrada nacional de acesso mais rápido a Marrakech. O nosso destino era a zona mais a sul do sul e esse era o nosso objectivo.

IMG_0448_Small

Pernoitamos mais uma vez no Camping Relais 4×4 de Marrakech, onde fizemos os últimos acertos para começar ao início da tarde do dia seguinte em Ait Melloul o nosso percurso Sahara 2014.

IMG_0501_Small

Sahara 2014

O Relato continua em breve.

Inté

 

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: